O lateral do Desportivo de Chaves João Reis está curado da infeção de COVID-19 e já regressou aos treinos no emblema da II Liga de futebol, que mantém um jogador infetado, adiantou hoje à Lusa fonte ligada ao processo.

Em 16 de setembro, o emblema flaviense tinha divulgado que João Reis tinha testado positivo para o novo coronavírus.

O ala esquerdo, de 28 ano, reforço ex-Tondela para esta temporada, já foi dado como curado e regressou hoje aos trabalhos, explicou a mesma fonte.

Após a vitória por 1-0 sobre o Cova da Piedade, no domingo, para a 4.ª jornada do segundo escalão, o clube anunciou que tem mais um jogador infetado, sem revelar a sua identidade, acrescentando que está assintomático e a cumprir as normas da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O emblema flaviense já registou sete casos de COVID-19 na estrutura desde o arranque da temporada.

Na pré-temporada, o médio Carlos David, que já rescindiu com o clube, testou positivo.

Antes da primeira jornada da época, o Desportivo de Chaves divulgou que tinha quatro elementos infetados, dois jogadores, Guzzo e Samu, e os dois treinadores adjuntos, Pedro Machado e Tiago Castro. Todos estes já foram dados como curados da doença.

O Feirense-Chaves, da 1.ª jornada, agendado para 11 de setembro, acabou adiado devido aos casos positivos de COVID-19 nos flavienses e a restante equipa técnica dos transmontanos foi colocada em confinamento, que terminou em 22 de setembro, levando a que nenhum elemento da equipa técnica estivesse a orientar a equipa no Chaves-Varzim em 18 de setembro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.