“São bons profissionais, bons homens, mas têm sido pouco utilizados”, justifica José Mendes.

Hoje, os três jogadores já não participaram no último treino antes do Natal.

João Mendes, cedido pela Naval 1.º de Maio, contabiliza apenas 48 minutos, em dois jogos da Liga de Honra.

Por seu lado, o brasileiro Dagil, que na última temporada representou o Trofense, alinhou em 15 partidas e apontou um golo. De momento o treinador, João Salcedas, apenas tem mais um jogador para a frente de ataque: Basílio.

Quanto a Bruno Nogueira, de 26 anos, entrou em 12 partidas esta temporada.

Até ao final do mês mais jogadores devem deixar o plantel serrano. Josué, por indisciplina, saiu em Outubro,

Beré e Fábio Ervões estão a contas com processos disciplinares. Os dois jogadores já responderam à nota de culpa e aguardam agora o cumprimento dos prazos legais para que o clube decida o seu futuro.

Diego Navarro, lateral esquerdo, está suspenso há quase três meses por controlo “antidoping” positivo, quando ainda se encontrava ao serviço do Belenenses.

Aguarda agora que o departamento médico do clube do Restelo consiga provar que a substância detectada é produzida pelo próprio organismo.

João Salcedas já disse que queria a situação resolvida ainda em Dezembro.

Após 14 jornadas, o Sporting da Covilhã ocupa a 12.ª posição da Liga de Honra em futebol, com 15 pontos, apenas mais dois do que o Penafiel, 15.º e penúltimo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.