O Desportivo de Chaves somou hoje a primeira vitória na II Liga portuguesa de futebol ao vencer o Mafra, por 2-1, em encontro da segunda jornada, realizado em Chaves, onde demonstrou mais eficácia e marcou nos momentos-chave.

O emblema de Trás-os-Montes, que impôs a primeira derrota à equipa de Mafra e igualou o adversário com três pontos na tabela, marcou aos 07 e 65 minutos, por Platiny e André Luís, respetivamente, enquanto o Mafra apenas reduziu por Joel (73) apesar do maior número de situações de perigo criadas.

A entrada forte dos flavienses, no encontro realizado no Estádio Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, valeu um golo bem cedo, aos sete minutos, com Diego Galo a descobrir Platiny na área e o avançado a não perdoar só com o guarda-redes pela frente.

Este acabou por ser um dos poucos momentos ofensivos da equipa da casa e o golo ‘adormeceu’ o Desportivo de Chaves, que viu o Mafra crescer e ter o controlo da partida e também situações de golo, com Medeiros, aos 15 minutos, e Cuca, aos 38.

O técnico dos transmontanos, José Mota, mexeu cedo no reatar da partida com as entradas do avançado André Luís e do médio Jefferson, mas foram os lisboetas a continuarem mais perto do golo, com duas boas situações por Areias, aos 48 e 55 minutos.

As mexidas surtiram efeito já aos 65 minutos, com uma boa combinação entre Platiny e Jean Felipe na direita a resultar na assistência a André Luís, que na primeira situação fez o 2-0.

Os visitantes não desistiram do resultado e aos 75 minutos Joel conseguiu mesmo reduzir numa recarga após defesa de Igor a remate de Medeiros e podiam mesmo ter chegado ao empate, por Medeiros (80) e Flávio (82) que atirou mesmo ao ferro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.