O treinador que este ano chegou a Fátima com a ambição de aproximar o clube dos lugares cimeiros da Liga de Honra realça que, em seis jogos oficiais, a equipa apenas foi derrotada uma única vez.

Este desempenho permite que o CD Fátima ainda continue em competição em três frentes: Liga de Honra, Taça da Liga e Taça de Portugal.

Por tudo isto, Diamantino Miranda foi claro: “Não posso estar mais satisfeito, embora alguns jogadores estejam ainda à procura da melhor forma”.

Domingo, diante do Oriental, treinado pelo amigo Carlos Manuel, Diamantino lançou pela primeira vez Bruno Mestre e Mauro Bastos, jogadores que “por terem estado algum tempo parados, ainda não estão no seu melhor e precisam de somar minutos”.

Uma situação que não tira o sono ao treinador já que garante que o CD Fátima tem um plantel “com muita qualidade” e “com opções para todas as posições”.

No próximo fim-de-semana, o CD Fátima desloca-se a Penafiel, em jogo da terceira jornada da Liga de Honra, no qual já deverá contar com o defesa central Veríssimo, que esteve ausente nas últimas três semanas devido a lesão.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.