O Penafiel voltou hoje a perder pontos preciosos na luta pela fuga à despromoção, ao empatar 0-0 com o Desportivo das Aves, em jogo da 23.ª jornada da Liga de Honra de futebol.

O Penafiel, capaz do melhor e do pior nos dois jogos anteriores da era Francisco Chaló, apareceu mais ofensivo, apostado em fugir aos últimos lugares da tabela, com Vítor, Coronas e Cascavel a surgirem na frente de ataque da sua equipa.

A vontade dos homens da casa não chegou para criar ocasiões de golo, mas traduziu-se no domínio do jogo, com o Desportivo das Aves a ter grandes dificuldades em passar do meio campo, só o conseguindo esporadicamente através de Tozé Marreco.

Antes do intervalo, só por uma vez o golo pareceu iminente, quando Cascavel surgiu isolado à frente de Hélder Godinho, que se atrapalhou com a bola, perdendo-a por instantes, para a segurar pouco depois e evitar que o avançado desfizesse o empate no marcador.

Sem remates, sem golos e sem ocasiões evidentes a registar na primeira parte, as equipas regressaram dos balneários empenhadas em mudar a história do encontro, com o Penafiel a lançar Michel para reforçar o ataque e os visitantes a carregarem no acelerador.

Com o jogo a ganhar ritmo, o primeiro momento do jogo foi da responsabilidade de Márcio Ramos, que, com uma defesa "impossível", negou o golo quase certo a Lourenço, depois de este ter batido em força um livre assinalado mesmo à entrada da área penafidelense.

Na resposta, Wesllem atrapalhou-se e foi incapaz de surpreender Hélder Godinho, que voltou a evitar o golo do homem do Penafiel pouco depois, sacudindo uma bola que sobrevoou a defesa da equipa orientada por Vítor Oliveira.

Com os ataques a sucederem-se de parte a parte, ora por intermédio de Kanu, ora por intermédio de Marco Airosa, o golo parecia iminente.

Mas nem as substituições realizadas pelos dois treinadores foram capazes de desfazer o empate a zero, um resultado que faz o Penafiel perder terreno face ao Belenenses e que reforça a posição do Desportivo das Aves no meio da tabela.

Jogo no Estádio Municipal 25 de Abril, em Penafiel.
Penafiel – Desportivo das Aves: 0-0.
Ao intervalo: 0-0.

Equipas:
- Penafiel: Márcio Ramos, Dias, Vagner, Ginho, Elizio, Ferreira (Kanu, 67), Hugo Soares, Vítor, Coronas (Michel, 46), Wesllem e Cascavel (Rafa, 77).
(Suplentes: Riça, Zamorano, Michel, Kanu, Stéphane, Diogo Rosado e Rafa).
- Desportivo das Aves: Hélder Godinho, Marco Airosa, Tiago Valente, João Pedro, Vítor Vinha, Marco Cláudio (Fary, 81), Júlio César, Lourenço, Vasco Matos (Pedro Cervantes, 73), Luisinho (Pedro Pereira, 67), e Tozé Marreco.
(Suplentes: Hugo Ferreira, Grosso, Pedro Pereira, Pedro Cervantes, Leandro, Fary e Nelson Veiga).
Árbitro: Manuel Mota (Braga).
Acção disciplinar: cartão amarelo para Hugo Soares (34), Tozé Marreco (48), Vítor Vinha (50), Marco Airosa (52), Wesllem (76), Pedro Pereira (90+4).
Assistência: cerca de 1400 espectadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.