Erivelto, melhor marcador da última edição da II Liga de futebol, já não está a treinar no Sporting da Covilhã, tal como os avançados Tiago Cerveira e Zé Francisco, que estavam à experiência.

O brasileiro tem contrato com o clube, manifestou o desejo de sair para "uma primeira liga", e apresentou-se nos ‘leões da serra’ na tarde de segunda-feira, seis dias após o arranque dos trabalhos, mas já não se encontra às ordens de Francisco Chaló, embora o clube não adiante qual o seu destino.

Tiago Cerveira, proveniente do Lusitano de Vildemoinhos, e o também avançado Zé Francisco, do Oliveira do Hospital, foram dispensados pelo treinador, após um período de observação.

"Nada tem a ver com o que é a verdadeira qualidade dos atletas, mas com o enquadramento dos atletas dentro do nosso grupo de trabalho. Achei que não seriam os elementos adequados. Estamos à espera de alguns atletas referenciados e o contexto a considerar não são só os que cá estão, mas também os que vão chegar, pese embora o facto de precisarmos ainda de mais um ou dois elementos", disse hoje Francisco Chaló, em declarações à agência Lusa.

Segundo o técnico, até sábado, dia do jogo de apresentação aos sócios, com o Belenenses, devem chegar o central e os dois atacantes aguardados no clube.

O brasileiro Elenilson, por ainda não estarem ultrapassados todos os procedimentos burocráticos, também ainda não chegou à Covilhã.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.