A 27 de fevereiro foi publicada uma notícia com o título “Famalicão acusado de recrutar "futebolistas ilegais””, tendo sido colocada na categoria II Liga, acompanhada de uma imagem do Estádio do Futebol Clube de Famalicão.

Depois de termos sido alertados pela direção de comunicação do Futebol Clube de Famalicão, o SAPO Desporto corrigiu, esta segunda-feira (dia 06 de março), a notícia, repondo a verdade do acontecimento.

Mesmo assim, queremos esclarecer o que sucedeu: O título original da notícia da Agência Lusa era “Clube de futebol de Famalicão acusado de recrutar “futebolistas ilegais”” e, por lapso, assumimos que se tratava do Futebol Clube de Famalicão, quando na verdade era apenas referido um clube do concelho de Famalicão. Ainda segundo a Agência Lusa, com base no JN, tratava-se do Grupo Desportivo de Ribeirão, entretanto falido.

Com isto, dirigimos um pedido de desculpa à direção do Futebol Clube de Famalicão, funcionários e adeptos do clube da II Liga e esperamos que este equívoco pessoal, que nada tem a ver com falta de rigor e ética jornalística, não tenha prejudicado o bom nome do Futebol Clube de Famalicão.

O pedido de desculpa estende-se aos utilizadores do SAPO Desporto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.