O Estoril-Praia empatou hoje com a Oliveirense (0-0), em jogo da quinta jornada da Liga de Honra de futebol, mantendo-se invencível nos jogos em casa, mas desperdiçou a oportunidade de ultrapassar os “nortenhos” na classificação.

O jogo marcou o reencontro entre as duas equipas depois da vitória dos “canarinhos” (1-0) na terceira jornada da primeira fase da Taça da Liga, a 14 de Agosto.

À entrada para esta ronda, Estoril e Oliveirense vinham de dois jogos sem perder – um empate e uma vitória –, mas a equipa orientada por Vinícius Eutrópio tinha a seu favor o facto de ainda não ter perdido em casa esta temporada, ao invés, os comandados de Pedro Miguel continuam sem saber o que é vencer fora do Estádio Carlos Osório.

Depois de uma primeira parte onde o Estoril mostrou alguma superioridade que não capitalizou, fruto dos desperdícios de Moreira, aos 17 e 29 minutos, e Licá, aos 25, esperava-se um segundo tempo de melhor qualidade, o que acabou por não acontecer.

Xico Silva, aos 56 minutos, complicou a vida à Oliveirense, ao deixar a equipa reduzida a 10 jogadores, ao ver o segundo cartão amarelo (o primeiro tinha sido aos 51).

Com menos um jogador, a Oliveirense organizou-se melhor, apostou no contra-ataque e por pouco Pedrinho, acabado de entrar, não marcou o golo, aos 72 minutos, com um remate à meia-volta junto à meia lua da grande área, mas a bola acabou por sair ligeiramente por cima da baliza defendida por Vagner.

O Estoril bem tentava criar ocasiões de golo, mas a Oliveirense jogava com toda a equipa atrás da linha da bola, anulando como podia as ações “canarinhas” e manteve inviolável a baliza defendida por Bruno Vale.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.