Fernando Costa foi hoje eleito presidente do Feirense, em assembleia-geral do clube realizada no Estádio Marcolino de Castro.
Franklim Freitas, que comandava a direção do clube, surge na lista de Fernando Costa como vice-presidente para o futebol, enquanto que Rodrigo Nunes transita para a área do património. O novo presidente do Feirense, que ocupava a presidência do conselho fiscal, toma posse no próximo dia 20 de junho, em nova assembleia-geral, no Estádio Marcolino de Castro.
Na sessão com os sócios, Fernando Costa admitiu que a grande responsabilidade ao leme do clube é de Franklim Freitas, lembrando que o seu colega de direção é preponderante para o futuro do clube.
«No que me diz respeito, assumi a responsabilidade na presidência da direção, mas a grande responsabilidade continua a ser de Franklim Freitas, porque o futebol é sem dúvida o grande motor do clube», referiu.
O novo presidente mantém ainda a aposta na disciplina orçamental, considerando que o clube não vai entrar em loucuras.
«Vamos ser muito criteriosos, ter em atenção o equilíbrio das contas e pautar a nossa postura por esses princípios. Não vou prometer títulos, mas deixo uma palavra de esperança para os sócios, porque somos ambiciosos, mas nunca sem dar um passo maior do que a perna», revelou.
Na assembleia-geral foi ainda apresentada uma proposta para regularização do financiamento bancário das obras efetuadas no complexo desportivo do clube através da venda de lotes. A direção vai apostar num empreendimento urbanístico denominado Feira Park XXI, com a venda de lotes para construção de moradias biológicas e autossustentáveis, de forma a tentar regularizar a dívida à banca.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.