Júnior Caiçara (26 minutos) e Luís Carlos (35) marcaram para o Gil Vicente e a “maldição” parecia destinada a acabar, mas Rafael (68) e Bruno Moreira (82) ainda foram a tempo de selar o 10.º jogo consecutivo dos poveiros sem perder.

Os forasteiros entraram melhor na partida e dominaram durante os primeiros 15 minutos, mas os anfitriões conseguiram equilibrar a contenda e foram eficazes nas poucas oportunidades que construíram.

Júnior Caiçara inaugurou o marcador, aos 26 minutos, e Luís Carlos fez o segundo golo, aos 35, construindo uma vantagem que se manteve até ao intervalo.

A abrir a segunda parte, Ramazotti desperdiçou uma excelente oportunidade para dilatar a vantagem dos locais, que poderiam ter “acabado” ai com o jogo.

O Varzim não conseguia contrariar a supremacia do adversário, mas acabou por reduzir a diferença aos 67 minutos, através de um remate de fora da área desferido por Rafael.

Os poveiros acreditaram, então, que poderiam, pelo menos, chegar ao empate e o último quarto de hora foi intensamente disputado.

Aos 82 minutos, Salvador remata à barra e na recarga Bruno Moreira estabeleceu a igualdade.

Até ao final, o Gil Vicente ainda tentou chegar à vitória, mas o Varzim defendeu-se bem e segurou um empate que fez por merecer.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.