O experiente defesa francês Grégory, que tinha ingressado em julho no Atlético, da II liga de futebol, confirmou à agência Lusa a sua saída para o Goa FC equipa da primeira divisão da Índia.

O francês, de 33 anos e que em Portugal para, além do Atlético, representou Marítimo e Paços de Ferreira, confirmou a saída, afirmando que o Atlético passa "por uma situação muito difícil com a guerra entre clube e investidores".

Mesmo com as dificuldades referidas, o defesa gostou da experiência e teceu elogios à equipa técnica do clube de Lisboa, liderada por Rui Nascimento, que, para o defesa, "está a fazer um milagre num grupo jovem muito bom".

Já os seus ex-colegas são "uns autênticos heróis, pois só eles sabem o que passam", concluiu.

Grégory vai representar o FC Goa, onde alinham os portugueses Edgar Marcelino, Bruno Pinheiro e Miguel Herleine.

O clube que vai participar na primeira edição da Indian Super League, que terá o seu início em outubro. Ao fim de cinco jornadas, o Atlético, que perdeu domingo no terreno do Trofense, por 2-0, ocupa o 16.º lugar, com cinco pontos, equivalentes a uma vitória e um empate.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.