O Farense e o Arouca empataram este domingo 2-2, em partida da 32.ª jornada da II Liga de futebol, anulando-se em mais um capítulo da luta pela fuga à despromoção.

As duas equipas, agora 14.ª e 15.ª classificadas, com os mesmos pontos (37) do Varzim, 16.º e primeiro abaixo da 'linha de água', com duas jornadas por disputar, proporcionaram um jogo equilibrado, mas pobre no futebol jogado, com poucas ocasiões de golo.

O Arouca começou ligeiramente melhor e Fábio Fortes atirou ao lado, aos 10 minutos, mas o equilíbrio imperou a partir daí, até que, antes da passagem da meia hora (29 minutos), os locais abriram o ativo, por Fabrício, que aproveitou um desentendimento entre guarda-redes e defesas forasteiros.

A vantagem no marcador não durou muito tempo, surgindo a igualdade aos 35, por Malele, com um remate certeiro, após bom trabalho de Fábio Fortes na grande área.

Dois minutos depois, Alvarinho, com um 'tiro' forte de fora da área, proporcionou boa defesa a Stefanovic, mas o empate manteve-se até à segunda metade, quando Adílio correspondeu na área a um passe atrasado de Malele (67 minutos), assinando a reviravolta no marcador.

O treinador do Farense, Álvaro Magalhães, respondeu a partir do banco com a aposta no avançado Alan Júnior, que acabou por ser decisivo, anulando a vantagem do Arouca à passagem do minuto 79, com o seu primeiro golo da época.

Até final, as duas equipas tentaram segurar o empate, que mantém tudo igual no fundo da tabela, apesar de uma oportunidade desperdiçada por Daniel Bragança, que cabeceou fraco em boa posição (85).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.