A recém-promovida Oliveirense venceu esta terça-feira o Benfica B, por 2-1, na primeira jornada da 2.ª Liga, graças a um penálti convertido por João Amorim em cima do apito final, marcando o regresso ao escalão secundário com uma vitória.

A Oliveirense abriu o marcador à passagem dos 13 minutos, por intermédio de Oliveira, com as 'águias' a empatarem apenas na segunda parte, num 'disparo' de Pedro Amaral (79), mas João Amaral, sobre os 90, converteu a penalidade que deu a vitória à turma de Pedro Miguel.

O vento que se fez sentir durante a partida conteve as equipas de procurarem o futebol direto, procurando mais jogar com posse de bola, através de passes curtos e, ocasionalmente, ao colocar bolas nas costas das defesas.

No entanto, foi através de uma bola parada, aos 13 minutos, que surgiu o primeiro golo da partida, num livre de Oliveira, a cerca de 25 metros da baliza, que deixou Zlobin 'pregado' ao chão, com um remate forte e colocado para o lado do guarda-redes.

Apenas três minutos depois, o Benfica respondeu numa jogada coletiva, com Pedro Amaral a surgir sozinho na área, do lado esquerdo, e a rematar forte, rasteiro, mas o desvio de um defesa impediu a bola de ir para a baliza.

Até ao final da primeira parte, os destaques vão todos para a formação recém-promovida, que podia ter aumentado a vantagem num livre de Diogo Valente apontado ao segundo poste, encontrando Mathaus sozinho, mas Zlobin impediu o segundo golo oliveirense

A entrada de Jota ao intervalo causou alguns problemas à formação oliveirense, que procurou mais o contra-ataque durante o segundo tempo.

No entanto, aos 77 minutos, a Oliveirense fica perto de aumentar a vantagem, numa jogada individual de Riascos, a combinar com Diogo Valente, com o português a devolver ao colombiano dentro de área, que à saída do guarda-redes rematou torto.

Dois minutos depois, os 'bês' responderam com o empate, num remate de longe de Pedro Amaral que levava selo de golo, mal saiu dos pés do defesa português.

As 'águias' assumiram a partida e podiam ter passado para à frente do marcador aos 86 minutos, quando o livre de Heriberto é defendido para a frente por Coelho, mas Jota, em desequilíbrio, não conseguiu bater o 'guardião' que afastou a bola para canto.

Em cima do minuto 90 o árbitro assinala grande penalidade para a Oliveirense a castigar uma alegada falta de Gedson sobre Diogo Valente.

Chamado a converter, João Amorim disparou para o fundo das redes, dando assim a vitória à formação de Oliveira de Azeméis, no regresso à II Liga.

Jogo disputado no Estádio Municipal de Aveiro.

Oliveirense - Benfica B: 2-1.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

Oliveira, aos 13 minutos.

Pedro Amaral, 79.

João Amorim, 90+1.

Equipas:

- Oliveirense: Coelho, Alemão, Mathaus, Sérgio Silva, Ricardo Tavares, João Amorim, Filipe Gonçalves, Oliveira (Clayton, 87), Diogo Valente, Serginho (Rafa, 72) e Fabian (Riascos, 65).

(Suplentes: Kadu, Rafa, Clayton, Riascos, Godinho, Raúl Martins e Gabi.)

Treinador: Pedro Miguel.

- Benfica B: Zlobin, Alex Pinto, Lystcov, Francisco Ferreira, Pedro Amaral, Heriberto, Florentino (Daniel dos Anjos, 70), Gedson, Vinícius (Jota, 46), Nuno Santos (Keaton, 61) e Alan Júnior.

(Suplentes: Fábio Duarte, Keaton, João Escoval, Jota, Daniel dos Anjos, Mendes e Ramirez.)

Treinador: Hélder Cristóvão.

Árbitro: Vítor Ferreira (AF Braga).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Gedson (60), Sérgio Silva (71) e Ricardo Tavares (82).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.