O futebolista João Meira voltou hoje às opções do treinador do Atlético, João de Deus, dois meses depois de ter sido suspenso na sequência de um controlo antidoping positivo efetuado em Maio, em que acusou a utilização de um termogénico.

O capitão da equipa de Alcântara foi suspenso provisoriamente em Agosto pela Liga, contudo, a Autoridade Antidopagem de Portugal (AdoP) não se pronunciou em tempo útil sobre o processo, motivo pelo qual foi levantada a suspensão provisória.

O jogador acusou a utilização de um termogénico, substância utilizada para queimar gorduras, mas que a Agência Mundial Antidopagem (AMA) considera também ser mascarante. João Meira, que acusou a substância na sequência do jogo com o Padroense, a 29 de Maio, garante que o suplemento utilizado vinha contaminado.

O clube da Tapadinha espera agora nova notificação por parte da Liga. Até lá, João Meira está disponível para dar o contributo à equipa e figura no lote de convocados na deslocação de sábado, às 15h30, a Matosinhos, com o Leixões, em jogo da sétima jornada da Liga de Honra que será arbitrado pelo lisboeta Pedro Proença.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.