O treinador Jorge Neves está ansioso pela estreia do Mafra na II Liga de futebol, agendada para 8 de agosto, dia em que o conjunto da região saloia de Lisboa vai a Barcelos defrontar o Gil Vicente.

Antes do campeonato, o Mafra ainda recebe o Leixões no próximo domingo, em partida da primeira fase da Taça da Liga, embate que abre a temporada oficial de 2015/16.

Satisfação e ansiedade pautam o discurso de Jorge Neves, que espera uma competição muito complicada.

"Esta edição da II Liga será certamente a mais difícil dos últimos anos, até porque entram na rota da despromoção nada menos do que cinco equipas. Neste contexto, o objetivo principal do Mafra só pode ser a manutenção", disse à agência Lusa o ex-treinador do Beira-Mar.

Jorge Neves elogia o trabalho dos atletas que iniciaram a época no passado dia 6 de julho: "Julgo que estamos no bom caminho. Aproveitámos a base que já vinha da última época e estamos a construir um conjunto consistente. Nestas duas semanas, os jogadores têm evoluído claramente, jogando sempre com mais intensidade e qualidade."

O novo timoneiro do Mafra já conseguiu impor o seu cunho pessoal e fez passar a mensagem sobre a sua ideia de jogo, assente num esquema tático 4x4x2, que privilegia as transições rápidas e o contra-ataque: "É verdade, já se nota alguma consistência exibicional, apesar de ainda só termos cumprido quatro jogos de preparação."

Jorge Neves recebeu no passado domingo mais três reforços - os brasileiros Dieguinho e Rafael Goiano, além do cabo-verdiano Ballack -, mas diz que o plantel ainda não está fechado.

Na quarta-feira, o Mafra recebe o Estoril-Praia, em partida agendada para as 10h00. Será o quinto e último jogo de preparação, antes do arranque oficial da época.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.