O médio Jota é o mais recente reforço do Nacional, anunciou ontem a equipa que foi despromovida à II Liga portuguesa de futebol na época 2020/21.

Jota, de 28 anos, formado no clube madeirense, mas que na época transata representou o Leixões, assinou um contrato para as próximas duas temporadas.

O médio regressa ao clube onde fez toda a formação e carreira, apenas tendo pelo meio um empréstimo à União da Madeira e ao Atlético, na época de 2014/15 - além de ter representado o Leixões na época passada -, tendo integrado os plantéis que conquistaram as subidas à I Liga em 2017/2018 e 2019/2020.

Jota junta-se ao guarda-redes António Filipe, que renovou com o Nacional, ao central Pedrão, cuja cláusula de opção de compra foi acionada pelo clube junto ao Palmeiras, e ao defesa Rafael Vieira, bem como ao médio Vítor Gonçalves, como os reforços conhecidos do plantel, que será orientado por Sérgio Vieira.

Transitam da época passada os guarda-redes Daniel Guimarães e Rui Encarnação, os defesas Kalindi, Rúben Freitas, Júlio César, Rui Correia e Witi, os médios Alhassan, Danilovic, Mabrouk Roual, Vincent Thill e João Camacho e os avançados Dudu, Brian Rochez e Gergely Bóbal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto