A Oliveirense ascendeu hoje provisoriamente ao segundo lugar da Liga de Honra em futebol, ao vencer por 3-1 no reduto do Sporting de Covilhã, em encontro da 12.ª jornada da prova.

Os forasteiros foram melhores na primeira parte, que terminaram a vencer por 2-0, com golos de Ricardo Sousa (grande penalidade) e Carlitos, e souberam aproveitar os erros dos centrais da formação serrana.

Após o intervalo, Vasco Varão ainda relançou os “leões da serra”, com um tento aos 64 minutos, mas, aos 73, Clemente marcou o terceiro golo dos forasteiros e decidiu o jogo.

Numa altura em que ainda nenhuma das equipas tinha pegado na iniciativa do jogo, o serrano Wagnão tocou a bola com a mão dentro da área e, na conversão da grande penalidade, Ricardo Sousa inaugurou o marcador, aos 13 minutos.

Apenas 10 minutos volvidos, Carlitos aproveitou uma falha de Abdoulaye para dilatar o marcador. O central, sozinho na defesa, atrasou de costas, de cabeça, para Igor, colocando a bola à mercê da velocidade de Carlitos, que não perdoou.

Sem deslumbrar, bastou aos visitantes aproveitar a passividade do Sporting da Covilhã, incapaz de construir uma jogada, face à maior capacidade da Oliveirense em fazer circular a bola.

Quando estavam jogados 38 minutos, Laranjeira, de livre directo, obrigou Igor a defesa vistosa e, na sequência do lance, o guardião serrano teve de sacudir a bola por cima da barra, em resposta ao “chapéu” de Bru.

A única reacção dos “leões da serra” surgiu nos descontos, quando Samson cabeceou a rasar o “ferro”.

O regresso dos balneários trouxe para o relvado molhado um Sporting da Covilhã mais atrevido, que aumentou a pressão e passou a jogar mais concentrado.

Samson, ao minuto 58, numa incursão pela esquerda, quase surpreendeu a defensiva forasteira com um remate cruzado e, aos 64, uma jogada de entendimento entre Samson, Severino e Varão permitiu aos serranos reduzir.

Mas, contra a corrente do jogo, nova falha de Wagnão facilitou o golo do forasteiro Clemente, aos 73 minutos, oito após substituir Carlitos.

A partir daí, o Sporting da Covilhã perdeu algum fulgor e bastou à Oliveirense conter as investidas dos “leões da serra” antes da entrada na sua área para levar os três pontos da Covilhã.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.