Em comunicado, o conselho de administração reagiu à polémica nascida pela associação de Paulo Lopo à candidatura de Rui Jorge Rego à presidência do Sporting, informando não estar o líder da SAD em funções atualmente.

"A administração da Leixões SAD vem por este meio informar os seus acionistas que o presidente Paulo Lopo suspendeu voluntária e temporariamente as suas funções de presidente do Conselho de Administração, no passado dia 06 de agosto e até dia 08 setembro de 2018", lê-se na nota de imprensa.

As eleições para a presidência do Sporting vão decorrer em 08 de setembro, estando na corrida sete candidatos.

O comunicado prossegue informando que a liderança da SAD do emblema de Matosinhos foi assumida pelo administrador Nuno Fernandes.

"Recordamos que Paulo Lopo não é candidato a nenhum cargo nas eleições do Sporting Clube de Portugal, mas sim convidado a presidente da SAD na lista do Dr. Rui Rego", acrescenta ainda o documento.

A terminar, a nota de imprensa recorda que Paulo Lopo "nunca escondeu o seu passado clubístico e nem pelo fato de ter adquirido a maioria do capital social do Leixões deixou de ser adepto e sócio do Sporting".

O Leixões, cumpridas duas jornadas da II Liga portuguesa de futebol, segue no 14.º lugar, sem pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.