O Mafra, que vai disputar a II Liga portuguesa de futebol, anunciou hoje um protocolo com a Câmara Municipal de Mafra, com o objetivo da utilização do estádio municipal por parte da equipa mafrense.

Num comunicado na página oficial do clube no Facebook, o Mafra anunciou o estabelecimento do protocolo com a autarquia local, que visa a "utilização das infraestruturas existentes no Parque Desportivo Municipal de Mafra, para a realização de jogos e treinos da equipa".

"A Câmara Municipal celebrou um protocolo de colaboração com o Clube Desportivo de Mafra, dotando-o da possibilidade de utilização das infraestruturas existentes no Parque Desportivo Municipal de Mafra, para a realização de jogos e treinos da equipa que compete na II Liga. A Autarquia apoia o clube reconhecendo a sua importância para a projeção do Concelho em termos nacionais", lê-se no comunicado.

Pela primeira vez na II Liga de futebol, o estádio Dr. Mário Silveira, propriedade do clube, não reúne as condições impostas pela liga, e “no uso da competência atribuída para apoiar atividades de natureza social, cultural, educativa, desportiva, recreativa" a câmara de Mafra estabeleceu este protocolo, "válido por um ano".

"Uma vez que o campo de futebol do clube não reúne os requisitos impostos pela Liga Portugal para participar nas competições na próxima época desportiva, a Câmara Municipal de Mafra, no uso da competência atribuída para apoiar atividades de natureza social, cultural, educativa, desportiva, recreativa ou outra de interesse para o Município, procedeu à celebração deste protocolo de cooperação, válido por um ano e renovável por iguais períodos", lê-se.

Na mesma nota é também clarificado que o clube "pode utilizar o Parque Desportivo Municipal para a realização dos jogos respeitantes às competições em que a equipa que compete na segunda liga participa, na época desportiva 2015/2016", bem como a utilização "uma vez por semana" que "se encontra em obras de adaptação às regras impostas pela Liga Portugal".

Em declarações à agência Lusa o presidente do Mafra, José Cristo, mostrou-se feliz por "realizar um sonho" que há muito era desejado pelo presidente e pelos sócios.

"Sendo o clube mais representativo do concelho, e sediados mesmo de Mafra, sempre quisemos jogar no Municipal e fiquei bastante feliz, eu e os sócios, porque finalmente podemos jogar no Estádio Municipal. É o realizar de um sonho nosso, e temos de agradecer à câmara por nos ter facilitado e nos ter feito este protocolo", explicou.´

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.