O treinador Mário Nunes, antigo adjunto de Vítor Oliveira, foi o escolhido para suceder a António Pereira no comando do Cova da Piedade, confirmou hoje a agência Lusa junto de elementos da equipa da II Liga.

O técnico, de 40 anos, já orientou o treino de hoje à tarde, na margem sul do Tejo, um dia após a derrota dos piedenses no terreno do Vizela, por 2-1, ainda comandados interinamente por Ricardo Aires.

Esta é a primeira experiência de Mário Nunes como treinador principal, depois de 10 anos como adjunto, tendo começado ao serviço de clubes madeirenses como Santacruzense, Camacha, Marítimo B e União da Madeira.

Depois de integrar a equipa técnica de Vítor Oliveira no União da Madeira, aquando da passagem pelos insulares do técnico que faleceu em 2020, Mário Nunes acompanhou sempre o ‘rei das subidas’ nas etapas seguintes da sua carreira, no Chaves, Portimonense, Paços de Ferreira e Gil Vicente.

O Cova da Piedade começou a época sob o comando de António Pereira, que deixou o clube no final de dezembro por motivos de saúde, ainda na sequência do surto de covid-19 que atingiu o clube em outubro.

Os piedenses encontram-se no 14.º lugar da II Liga, com 16 pontos conquistados nas 15 jornadas já disputadas em 2020/21.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.