Depois do sexto lugar alcançado na época transata, o técnico Filipe Cândido terá, em primeiro lugar, de criar condições para um campeonato tranquilo, mas sem retirar qualquer tipo de ambição.

Para já, o guarda-redes Lucas França, os defesas João Aurélio, Alex e Clayton, os médios Sérgio Marakis, Luís Esteves e Gustavo Silva e os avançados Juan Calero e Carlos Daniel são os reforços conhecidos. A estes, junta-se a inclusão no plantel principal dos ex-júniores Francisco Gonçalves, Graça e Martim.

Da temporada passada transitam o guarda-redes Daniel Guimarães já recuperado do problema de saúde que o afetou, Rui Encarnação, Rafael Vieira, José Gomes, André Sousa, Witi, Danilovic, Jota, Mabrouk Rouai, Bosic, Dudu, Rúben Macedo e Bruno Gomes.

Na apresentação, o ‘capitão’ da equipa João Aurélio começou por afirmar “ser um orgulho regressar ao Nacional”, antes de fazer um pedido: “tenham alguma paciência com o nosso grupo de trabalho, mas apoiem-nos nos bons e nos maus momentos, pois queremos colocar este clube onde ele merece estar”.

Depois, o técnico Filipe Cândido asseverou “ser uma honra e uma responsabilidade representar o clube”, assegurando que o grupo “tudo irá fazer, para, com muito trabalho e dedicação, estar preparado para o que há pela frente”.

A finalizar, o presidente do clube, Rui Alves, começou por aferir que esta época os adeptos terão um “Nacional com as ‘mangas arregaçadas’, mas com os ‘pés bem assentes no chão’”.

Sem se deter, foi crítico com o modelo de apoio público ao desporto profissional, sublinhando que “os clubes insulares, sem comparticipação pública, não têm condições de ter competição nacional”.

Por fim, Rui Alves pediu “união aos sócios para que haja uma energia suplementar” nesta nova temporada, que será repleta de desafios.

O Nacional irá dar início à sua participação na II Liga, no próximo sábado, dia 06 de agosto, recebendo o Tondela no Estádio da Madeira, a partir das 14h00.

Plantel para a temporada 2022/23:

- Guarda-redes: Daniel Guimarães, Lucas França (ex-Cruzeiro, Brasil) e Rui Encarnação.

- Defesas: João Aurélio (ex-Pafos FC, Chipre), Clayton (ex-Real Massamá), Alex (ex-Ipatinga, Brasil), Graça (ex-júnior), Francisco Gonçalves (ex-júnior), Rafael Vieira, José Gomes, Witi e André Sousa.

Médios: Sérgio Marakis (ex SV Horn, Aut), Luís Esteves (ex-Vitória de Guimarães), Mabrouk Rouai, Danilovic, Gustavo Silva (ex-Comercial, Brasil) e Jota.

Avançados: Juan Calero (ex-Gil Vicente), Martim (ex-júnior), Bosic, Dudu, Rúben Macedo, Carlos Daniel (ex-Wisla Pulawy, Polónia) e Bruno Gomes.

Treinador: Filipe Cândido.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.