O Real deixou este sábado o último lugar da 2.ª Liga ao vencer por 4-0 na visita ao Nacional, com dois golos de Vinicius, em jogo da oitava jornada.

Júlio César (na própria baliza) e Marcos Barbeiro marcaram os outros tentos do triunfo confortável da formação do concelho de Sintra na Madeira, frente a um adversário errante, que sofreu o terceiro desaire consecutivo, nos quais sofreu 11 golos.

Com este triunfo, o Real subiu ao 12.º lugar, com 10 pontos, enquanto os madeirenses mantiveram o quarto posto, com 14.

Na primeira parte, o Nacional foi quem mais procurou o golo, mas foi o Real que dispôs da melhor ocasião, aos 16 minutos, quando o central Júlio César perdeu a bola na sua defensiva, valendo o desacerto de Vinicius que, só com Daniel pela frente, falhou o 'alvo'.

Aos 44, o Real adiantou-se no marcador graças a um golo na própria baliza: após um cruzamento de Abou Toure, Júlio César teve a infelicidade de desviar a bola para dentro da sua própria baliza, traindo Daniel.

Na segunda parte, aos 70, em lance rápido de contra-ataque, Marcos Barbeiro contou com muitas facilidades da defesa contrária, batendo Daniel e deixando os insulares com uma tarefa difícil a vinte minutos do final da partida, quando já estava com menos um jogador, por expulsão de Christian.

O Nacional não reagiu como devia e sofreu novo golo, aos 74, com a defesa, muito permissiva a 'oferecer' a Vinicius a oportunidade de fazer o terceiro golo.

Mais tarde, já em tempo de descontos, o Real chegou ao quarto golo, através de uma grande penalidade, que permitiu a Vinicius fazer 'bis' na partida, com um remate certeiro, enganando completamente o guarda-redes Daniel.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.