Os reforços do Famalicão, recém-promovido à II Liga de futebol, partilham o foco no objetivo manutenção, apontando como meta a sedimentação do clube nos campeonatos profissionais 19 anos depois da última presença.

O avançado Leandro Souza, de 28 anos, proveniente do Moreirense, foi hoje a surpresa da apresentação do Famalicão, tendo revelado que decidiu aceitar o convite por ter "expectativas muito grandes" e a "certeza de que o projeto do clube será cumprido".

"Um avançado quer sempre marcar golos, mas principal objetivo é ajudar equipa. Vamos ter e ser uma excelente equipa", disse o jogador brasileiro.

Já o guardião Chastre, ex-Leixões, de 22 anos, disse não temer a concorrência por estar a preparar-se para "dar o melhor" na luta por obter a manutenção "o mais cedo possível". O jogador acredita que a sua passagem pelo clube de Matosinhos, pela experiência de II Liga, bem como junto de um emblema "semelhante", segundo classificou, ao Famalicão na "paixão dos adeptos", poderá ser "uma mais-valia".

Também o avançado João Mendes, de 27 anos, chegou ao Famalicão depois de representar as cores do Leixões com a esperança de "conseguir cedo uma boa posição na tabela classificativa".

"Queremos atingir a manutenção o mais rápido possível. Uma posição boa era do meio da tabela para cima, para estarmos mais tranquilos", disse João Mendes, que reconheceu que uma das motivações para aceitar o convite do Famalicão foi já ter trabalhado com o treinador Daniel Ramos há dois anos no Ribeirão.

Para o reforço João Pedro, defesa ex-Moreirense de 27 anos, ingressar neste clube nortenho é "especial", uma vez que é natural de Famalicão: "É o clube da terra, por isso é especial. Espero conseguir a permanência o mais rápido possível e consolidar o clube nas divisões profissionais", referiu.

Por último, Diogo Santos, médio de 30 anos, que trocou o Brasov, do campeonato romeno, pelo Famalicão, admitiu que as razões desta escolha foi o desejo de regressar a Portugal e o facto de ter conhecido o "projeto de crescimento" do clube.

"Fui acompanhando pelas notícias mesmo lá fora e interessei-me. Já estive em projetos semelhantes de subidas e manutenção e o que mais contribui para a performance do clube é a continuidade", apontou Diogo Santos.

O clube famalicense iniciou hoje os trabalhos de pré-época com 22 jogadores, sendo 17 renovações face à última temporada e cinco reforços.

A apresentação aos sócios está agendada para quarta-feira, dia 22, em hora a definir, frente ao Moreirense da I Liga, somando-se ao calendário dois jogos-treino em casa no dia 11 (sábado, pelas 10h00) frente ao Liverpool Warriors, bem como frente ao Neves no dia 25 (sábado, pelas 18:00) e uma deslocação ao Braga dia 18 (sábado, pelas 17h00).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.