O veterano médio Oliveira anunciou hoje a saída da Oliveirense "com a mágoa de ter tido o pior dia da carreira desportiva", referindo-se à despromoção da II Liga portuguesa de futebol, após cinco épocas consecutivas no clube.

"Saio com a mágoa de ter tido o pior dia da minha carreira desportiva enquanto profissional de futebol, mas com a consciência que dei tudo o que tinha e não tinha ao serviço deste grande clube. Numa decisão ponderada e em conjunto com a minha família, declinei o convite da estrutura para continuar na próxima época", revelou o atleta de 37 anos, nas redes sociais.

António Oliveira foi formado no emblema de Oliveira de Azeméis, tendo disputado mais de 200 jogos na II Liga portuguesa, com passagens pelo Santa Clara e Leixões, e no estrangeiro, em Angola (onde conquistou uma Taça) e Chipre, antes de regressar à Oliveirense em 2016/17.

Na mesma publicação, o médio referiu que a "paixão pelo futebol" continua bem viva e vai analisar "com calma e ponderação" o "futuro projeto enquanto jogador de futebol".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.