Oliveirense e Mafra empataram hoje 0-0 na 29.ª jornada da II Liga, um ‘nulo’ que interrompe as quatro derrotas consecutivas dos ‘saloios’, na estreia de Ricardo Sousa, e mantém os oliveirenses em zona de descida.

Com este resultado, o Mafra pontuou ao fim de cinco jornadas, somando agora 34 pontos, no 11.º lugar, enquanto a Oliveirense não recuperou da melhor forma da derrota em Arouca (3-0), na semana passada, e mantém-se em zona aflitiva, no 17.º posto, com 27 pontos, os mesmos de Varzim e Vilafranquense.

Numa primeira parte com pouca história, os ‘saloios’ controlaram as dinâmicas, mas sem criarem oportunidades de perigo, enquanto os oliveirenses demonstraram muitas dificuldades na fase de construção e em chegar ao meio campo ofensivo.

O melhor lance da primeira metade surgiu aos 22 minutos, numa incursão de Nuno Campos, que fletiu para o centro do terreno e rematou para defesa apertada de Arthur.

No regresso do descanso, a formação de Raul Oliveira esteve perto de inaugurar o marcador em duas ocasiões, primeiro, na marcação de um canto, com Miguel Lima a cabecear muito perto do poste e, pouco depois, um remate de Luisinho a meia distância, desviado por um defesa, que deixou Godinho ‘pregado’ ao relvado, mas saiu ao lado.

Na outra área, Gui Ferreira subiu pelo flanco esquerdo e cruzou para rasteiro para Camará desperdiçar a melhor oportunidade do encontro para os ‘saloios’, embora o avançado tenha voltado a procurar o golo em duas ocasiões, num remate do meio campo, a tentar surpreender o guardião, e, depois, num ‘disparo’ de fora de área que obrigou a defesa a dois tempos.

A Oliveirense arriscou à procura do golo, que poderia ter chegado aos 71 minutos, num lançamento de linha lateral longo, com a bola a ‘pingar’ na área e a sobrar para o segundo poste, onde Dionathã, com todas as condições para fazer o golo, atirou de primeira, por cima da trave.

No último lance digno de registo, já em cima dos 90 minutos, um livre cobrado de forma exímia por Gui Ferreira para o interior da área não encontrou o desvio de Pedro Barcelos por centímetros, mantendo o 'nulo' no marcador.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.