Os forasteiros adiantaram-se, aos 45 minutos, com um tento de Jardel, mas, aos 55, os locais empataram, por Michel, num estádio em que a chuva e o vento que caíram durante a semana fizeram ruir o muro norte do recinto.

Para a deslocação a Penafiel, o técnico Carlos Garcia efectuou apenas uma alteração em relação ao encontro da última jornada, com a entrada de Adilson para o lugar de Renato Queirós.

Do outro lado, Lázaro Oliveira foi obrigado a mexer na frente de ataque, em virtude das lesões de Carlos Carneiro e Kanu, lançando para os respectivos lugares Michel e Guedes.

Os durienses, que já não vencem em casa desde a sétima jornada - 1-0 ao Portimonense -, estavam impedidos de voltar a perder, arriscando-se a voltar a cair na zona de despromoção.

Nesse sentido, foram a equipa que mais criou perigo na primeira metade. Aos 10 minutos, um cabeceamento de Ricardo Nascimento podia ter aberto o ativo, mas o guarda-redes Paulo Lopes salvou em cima da linha de golo.

No ataque penafidelense, Michel era o homem que mais ameaçava a baliza do Feirense e fê-lo por várias vezes com perigo (25 e 35 minutos), no entanto, contra a corrente do jogo e em cima do apito para o intervalo, foram os jogadores da Santa Maria da Feira a inaugurar o marcador.

Na sequência de um lance confuso e de insistência na grande área do Penafiel, Jardel acabou por ser mais rápido e, com um excelente sentido de oportunidade, colocou a bola no fundo da baliza de Zé Eduardo.

Dos balneários, os homens de Lázaro Oliveira vieram com vontade de anular a desvantagem e acabou por ser com alguma naturalidade, e após um punhado de boas ocasiões, que o Penafiel chegou à igualdade através de um pontapé fortíssimo de Michel à entrada da área, aos 55 minutos.

O Feirense acabou por jogar a última meia hora com 10 elementos, devido à expulsão de Maurício, que travou Guedes, fora da grande área, quando este se isolava. Na sequência do lance, Michel cobrou o livre directo, que bateu na barreira e levou a bola ao poste esquerdo da baliza.

Mas, foi já em período de descontos que surgiu a melhor oportunidade de golo, curiosamente para o Feirense: contudo, Adilson, na cara de Zé Eduardo, não conseguiu que a sua equipa saísse de Penafiel com os três pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.