O Penafiel foi hoje à Vila das Aves vencer o Desportivo local (1-0) com um golo solitário de Jardel e, à oitava jornada, isolou-se na terceira posição da Liga de Honra de futebol.

O Desportivo das Aves, apesar de ter jogado com mais um jogador durante quase toda a segunda parte, não conseguiu anular a desvantagem e desperdiçou a oportunidade de entrar na primeira metade da tabela classificativa.

A equipa da casa nunca teve grande discernimento a atacar, insistindo muito em cruzamentos e apenas poucos instantes antes do intervalo (45) esteve perto de marcar, já que o centro de Pedro Pereira, depois de uma boa jogada pela esquerda, ia traindo Márcio Ramos, mas a bola bateu no poste e Tozé Marreco não conseguiu emendar para a baliza.

A segunda parte começou praticamente com a expulsão algo forçada (por acumulação de cartões amarelos) do defesa esquerdo do Penafiel, Stephane, e pouco depois (59) Digão cortou no limite um centro que Rabiola se preparava para transformar em golo.

Dez minutos depois, Rabiola visou mesmo, de cabeça, a baliza adversária, mas Márcio Ramos defendeu bem.

Até ao final, e apesar da ajuda dos defesas Vítor Vinha e João Pedro na frente de ataque, o Aves não voltou a dispor de oportunidades de golo muito por culpa da dupla de centrais do Penafiel, em especial de Digão, o irmão da “estrela” do Real Madrid, Kaká.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.