Real Massamá, equipa que recentemente se sagrou campeã nacional do Campeonato de Portugal de futebol, após bater na final a Oliveirense (2-0), já está a preparar o plantel para a estreia na II Liga.

A equipa, que divide a sua sede entre Queluz, Monte Abrãao e Massamá, já renovou com o treinador Filipe Martins e cinco jogadores que foram decisivos na subida à II Liga: o guarda-redes Patrick Costinha, o defesa Zé Pedro e os médios Rúben Marques, Marlon Costa e Sabry Oliveira.

"Se calhar, até ao final da semana, iremos ter mais novidades no que toca à renovação com mais atletas do plantel que se sagrou campeão do terceiro escalão nacional. E teremos de contratar outros futebolistas", disse hoje à agência Lusa o presidente do clube.

Adelino Ramos revelou ainda que o clube passará a designar-se, na sua estreia nas competições profissionais, "de Real Sport Clube, SDUQ, SA, pois os sócios aprovaram em assembleia-geral extraordinária a nova designação".

"A entrada nas competições profissionais obrigava-nos a criar uma SAD ou uma Sociedade Desportiva Unipessoal por Quotas, e os sócios optaram por esta segunda possibilidade", adiantou, ainda, Adelino Ramos.

Entretanto, as obras de remodelação do Complexo Desportivo do Real Massamá já arrancaram. "Nesta primeira fase, as bancadas estão a ser aumentadas para uma lotação com mais 800 espetadores. E teremos também de fazer novos acessos ao nosso estádio", divulgou o presidente do clube sediado no Concelho de Sintra.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.