O Moreirense confirmou a contratação de dez reforços e as saídas do mesmo número de jogadores. Vítor Magalhães explicou à Agência Lusa que a direcção decidiu «começar o trabalho de casa mais cedo» e apostar em jogadores que «não obriguem a tantos encargos».

Sem querer adiantar percentagens, o presidente do emblema minhoto, que na época passada terminou na sétima posição, adiantou que o Moreirense está a fazer um «corte significativo no orçamento», lembrando as dificuldades económicas da região e adiantando quais os critérios para essa redução.

«O nosso orçamento tem de baixar. Temos de ser realistas. Estamos a fazer um corte significativo através da redução de custos como certificados internacionais, viagens e inscrições. Vamos inscrever, no máximo 25 jogadores. No ano passado inscrevemos 36, mas fomos obrigados, porque subimos só a meio de Junho. Este ano é diferente. Somos realistas. Reduzimos o orçamento porque somos realistas e porque gostamos de pagar certinho ao dia oito», disse Vítor Magalhães.

Apesar de confrontado com o número elevado de reforços e com o investimento feito recentemente no Parque Desportivo Comendador Joaquim de Almeida Freitas, o dirigente rejeitou a ideia de que na época 2011/12 o Moreirense vai assumir-se como candidato à subida de divisão.

«Queremos fazer um campeonato tranquilo e mais folgado. Queremos conseguir a manutenção o mais cedo possível. A bola é redonda e pode acontecer muita coisa, mas deixamos essas ambições para clubes que são concelho e têm outra dimensão», afirmou.

Vítor Magalhães referiu que as obras no estádio estão «praticamente concluídas», além da colocação de cadeiras na bancada central, foi modernizado o sistema de videovigilância e os torniquetes. O investimento global ascende a 200 mil euros, tendo a Liga de Clubes, segundo afirmou o presidente minhoto, comparticipado com «mais de metade».

Sobre novas contratações, o presidente confirmou que o técnico Jorge Casquilha ainda anda à procura de um lateral direito e dois médios.

Wagner (ex-Aliados de Lordelo), Sebastian (ex-Juventude de Évora), Ricardo Fernandes (ex-Rio ve), Tiago Carneiro (ex-Varzim), Ricardo Andrade (ex-Fátima), Miguel Oliveira (ex-Ermis, Chipre), Chico (ex-Toreense), Fábio Espinho (ex-Leixões), Jeremie N’Jock (ex-Arouca) e Augusto (ex-Ribeirão) são, para já, os novos rostos do plantel de Moreira de Cónegos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.