O presidente do Penafiel, Fernando Melo, deu hoje por encerrado o plantel da equipa da II Liga de futebol, depois do regresso no final de janeiro de Rui Miguel e da saída por mútuo acordo de Bruninho.

"Vamos ficar por aqui, o plantel está fechado", disse Fernando Melo à agência Lusa, sem esconder que o clube não encontrou soluções alternativas para o que pretendia no plantel.

O dirigente disse que "não valia a pena trazer jogadores por trazer" e considerou que as soluções encontradas, nomeadamente para o ataque, nada iam acrescentar ao plantel. "O que nós precisávamos e vimos era igual ao que já tínhamos cá", sublinhou.

Fernando Melo não escondeu, no entanto, "satisfação" pela aposta em Rui Miguel, avançado que estava parado e acabou por regressar ao clube que tinha representado na época passada.

"[O Rui Miguel] É um bom jogador e, por isso, o fomos buscar. Além disso, já está a render golos e pontos", afirmou.

O presidente penafidelense fazia alusão direta ao golo anotado no domingo pelo experiente avançado, de 32 anos, no reduto do Varzim, e que valeu um empate 1-1 à formação duriense, na luta direta pela permanência, depois de a equipa ter sido despromovida da I Liga na época passada.

"Vamos trabalhar com o que temos, com a consciência de que temos o valor suficiente para nos defendermos da atual posição e alcançarmos uma melhor classificação", concluiu Fernando Melo.

No período de transferências que encerra hoje, Rui Miguel foi a novidade no plantel enquanto Bruninho saiu, após rescisão amigável.

O Penafiel ocupa atualmente o 19.º lugar, com os mesmos 31 pontos das equipas B do Vitória de Guimarães e do Benfica, as primeiras em zona de despromoção, cumpridas 27 das 46 jornadas do campeonato.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.