A vitória caseira começou a ser desenhada logo aos quatro minutos de jogo, por Reguila, que bisou, aos 25', depois dos poveiros já terem conseguido empatar, aos 19', por intermédio de Lelo.

O Trofense começou melhor, mas também foi feliz na concretização das oportunidades. O primeiro golo da partida nasceu na primeira e única boa ocasião de golo construída pelos locais na primeira parte: Reguila fez os adeptos vibrar, ao finalizar bem uma excelente jogada de Bruno Sousa, em combinação com Filipe Gonçalves.

Em desvantagem, o Varzim imprimiu um ritmo mais rápido ao jogo e começou a aproximar-se cada vez com mais perigo da baliza adversária. Aos 15 minutos, Gonçalo obrigou Riça a defesa apertada e, quatro minutos depois, os poveiros conseguiram finalmente a igualdade, através de Lelo.

A equipa orientada por Vítor Oliveira deu uma boa resposta ao tento dos forasteiros e, aos 25', Reguila marcou o segundo golo da equipa da casa e da sua conta pessoal, de livre, num lance em que a bola ainda bateu no chão, o que terá iludido o guarda-redes visitante.

Na primeira etapa, os adeptos não puderam se queixar da falta de intensidade no jogo, mas na segunda o cenário foi diferente e o desafio teve menos interesse. A equipa de Eduardo Esteves procurou o golo com vontade, mas sem discernimento, enquanto os trofenses defenderam a vantagem com garra, dispensando a inspiração para partir para o ataque.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.