O Santa Clara, atual nono classificado da II Liga, despediu este sábado o treinador da equipa principal, Luís Miguel, na véspera de receber o Feirense, em jogo a contar para 41.ª jornada.

Em declarações ao diário A Bola, o presidente da SAD do Santa Clara, Mário Batista, confirmou a «chicotada psicológica» a Luís Miguel.

«Acabámos de despedir o treinador Luís Miguel. O bom senso mandava que ele não terminasse a época», afirmou o dirigente açoriano.

Uma das razões que levaram a administração do Santa Clara a despedir Luís Miguel terá sido a denúncia feita pelo técnico de ordenados em atraso durante o estágio da equipa no continente, entre os jogos com o Penafiel e o SC Braga B.

Os adjuntos de Luís Miguel, Samuel Correia e Cândido Rego, podem vir a comandar a equipa nos restantes jogos da II Liga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.