Abdoulaye marcou logo aos cinco minutos e o visitante Oliveira empatou o encontro. Ao minuto 48 Rincón fixou o resultado final.

O empate registado ao intervalo espelhou o equilíbrio entre as duas equipas na primeira parte do encontro, com ambas as formações a criarem ocasiões de golo.

Os serranos foram os primeiros a chegar à vantagem, logo aos cinco minutos, na marcação de um livre em zona central. Abdoulaye rematou rasteiro, a bola bateu na barreira e traiu o guardião Ricardo.

Com um futebol mais apoiado, o Leixões ripostou aos oito minutos, através de um remate forte de Oliveira que obrigou Igor a socar o esférico para fora. Tininho também solicitou o guarda-redes serrano, tal como Nuno Silva.

Ao minuto 25, Fofana tentou dilatar o marcador, mas foi o Leixões quem igualou a partida, aos 29 minutos, por intermédio de Oliveira, que na marcação de um livre atirou por cima da barreira para o fundo das redes. Rui Pedro, pelos visitantes, e Dani, pelos “leões da serra” tentaram também o golo, sem sucesso.

No regresso dos balneários, sem alterações nas equipas, o Sporting da Covilhã voltou a marcar cedo. No corredor esquerdo Abdoulaye viu Rincón a entrar na área, cruzou de longe e, ao segundo poste, o brasileiro cabeceou certeiro.

Apesar da desvantagem, o Leixões não encontrou soluções para chegar à área adversária. Menos organizada, pouco subiu no terreno e deixou o adversário ganhar ascendente. Fofana e Dani acabaram por criar situações de perigo.

Só nos últimos minutos o emblema de Matosinhos se aproximou da baliza de Igor Araújo, com um remate de Sony, sem no entanto conseguir voltar a assustar. Perto do apito final foi mesmo o Sporting da Covilhã quem esteve perto de marcar o terceiro, por Zezinho e Severino, que atirou a bola ao poste.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.