O treinador do FC Porto B indicou hoje que médio Tomás Podstawski vai estar parado vários meses, devido à rotura de ligamentos do joelho direito contraída na semana passada, diante do Sporting da Covilhã, em jogo da II Liga de futebol.

"Não sendo eu do departamento médico, é uma lesão no joelho que terá largos meses de paragem", afirmou Luís Castro, na conferência de imprensa após o jogo do FC Porto B contra o União da Madeira (0-0).

Ainda sobre Podstawski, Luís Castro tinha afirmado na sexta-feira, no sítio oficial do clube, que a lesão surgiu num momento em que o médio "estava num momento excecional da carreira" e "terminar o seu ciclo no FC Porto B".

Questionado pela agência Lusa, o técnico explicou que o futuro do jogador só será definido no final da temporada - não estando de parte a hipótese de deixar os ‘bês’- e acrescentou que a "dinâmica" de uma equipa secundária é uns jogadores "a chegar e outros a tornarem-se pilares".

"O Tomás é um dos pilares que definimos para este ano. Depois faz-se a avaliação no final da época para saber se o jogador tem condições pra integrar a equipa A ou para ir ajudar um clube de Liga Europa ou ser emprestado para a I Liga ou para seguir a sua carreira fora do FC Porto e quebrar o vínculo com o clube. O que sabemos neste momento é que o período do Tomás estava a terminar, porque tem três anos de equipa B. Portanto é um dos pilares e iria ser substituído por outro", revelou o treinador.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto