A cobertura da bancada central do estádio do Varzim ficou danificada pelo mau tempo durante a madrugada. A estrutura desprendeu-se dos pilares de apoio devido aos fortes ventos que se fizeram sentir na região, causando também a queda de alguns blocos de cimento.

Para evitar estragos maiores, o clube requisitou a intervenção de funcionários da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, que esta manhã retiraram parte da cobertura, na zona central da bancada, que protege os camarotes e as áreas destinadas à Comunicação Social.

Tornou-se assim impossível a recuperação da infra-estrutura até ao fim-de-semana, até porque esta já tinha sido parcialmente encerrada pela Comissão Técnica da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, na semana passada, por apresentar evidentes falhas de segurança.

No entanto, também não é certo que o jogo disputado no recinto alternativo venha de facto a acontecer, uma vez que os jogadores do emblema poveiro apresentaram um pré-aviso de greve para o desafio frente aos algarvios, como forma de protesto com os três meses de salários em atraso que o plantel acumula.

Os atletas apresentaram um ultimato à direcção na passada semana, exigindo que até sexta-feira seja pago mês e meio de salário, caso contrário não irão comparecer no encontro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.