O Varzim quebrou hoje um longo jejum de 13 jogos sem vencer ao vencer o Arouca, por 1-0, em jogo da 26.ª jornada da Liga de Honra de futebol.

Rafael, a 10 minutos do final, apontou o tento decisivo de um jogo que serviu de “balão de oxigénio” para os poveiros, que passam a somar 25 pontos, fugirem aos lugares de despromoção.

O Arouca terá comprometido, quase definitivamente, as aspirações de uma subida ao primeiro escalão, mantendo os 36 pontos e o sexto lugar, mas pode ficar agora mais afastado das posições da frente.

A equipa visitante até entrou melhor na partida, jogando mais desinibida e aproveitando a ansiedade dos poveiros para chegar mais vezes à baliza de Ricardo.

Só à passagem da meia hora, o Varzim se soltou, com André Carvalho a criar um par de oportunidades de golo, valendo a atenção de Marco.

No segundo tempo, a partida ganhou maior emoção, fruto também das entradas de Salvador, no Varzim, e Edu Souza, no Arouca.

Os arouquenses jogavam então um futebol mais sustentado, enquanto que os poveiros tentavam responder em contra-ataque, mas em ambos os lados faltava coerência na finalização.

Foi mais feliz o Varzim nesse capítulo, quando aos 80 minutos, Rafael finalizou, frente a Marco, uma jogada criada por Salvador e André Carvalho.

O Arouca não se deu por vencido, e nos últimos suspiros de desafio “sufocou” os locais, ficando, em várias ocasiões, perto do golo, mas sem conseguir impedir a quarta vitória da época para o Varzim, que já na vencia desde de Dezembro do ano passado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.