A SAD do Vilafranquense manifestou-se hoje “atenta” e “serena” sobre qualquer decisão que venha a ser tomada pela Liga de clubes relativamente às equipas que vão participar na II Liga portuguesa de futebol na época 2021/22.

"Estamos atentos e cumprimos todos os pressupostos" referiu o líder da SAD ribatejana, Osvaldo Voges, em declarações à agência Lusa.

A reação de Osvaldo Voges surge no mesmo dia em que fontes do Cova da Piedade confirmaram à Lusa que a inscrição para participar na II Liga foi entregue dois dias depois do fim do prazo, apesar de a SAD piedense acreditar que isso não será impeditivo da participação na prova na próxima época.

Fontes do plantel confirmaram o atraso e adiantaram que os ordenados estavam em dia na data-limite para a apresentação do processo de licenciamento, em 15 de maio, um sábado, mas que este terá dado entrada na Liga de clubes apenas na segunda-feira seguinte.

O diretor desportivo do Vilafranquense, Pedro Bessa, disse à Lusa que o clube está "sereno e apto para competir” na II Liga, caso seja chamado a substituir o Cova da Piedade: “Fizemos tudo o que nos pediram, temos todos os pressupostos e aguardamos com serenidade qualquer decisão", reforçou.

O clube de Vila Franca de Xira terminou na 17ª posição da II Liga, com 31 pontos, e foi a primeira equipa a ser despromovida, enquanto o Cova da Piedade terminou em 11.º lugar, com 37 pontos.

Os responsáveis da SAD do Cova da Piedade acreditam que haverá lugar ao pagamento de uma multa, devido ao atraso, mas que a Liga irá confirmar a inscrição do clube em 18 de junho, data em que o organismo presidido por Pedro Proença deverá divulgar os resultados dos licenciamentos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.