Em declarações hoje à Angop, a propósito da segunda presença dos Palancas Negras na quarta edição da prova, o dirigente afirmou que apesar da derrota de 0-1 consentida domingo diante dos Camarões, existe ainda alguma esperança nos dois próximos jogos da fase regular frente às congéneres da RD Congo e da Etiópia.

‘’Vamos ser otimistas e confiar no trabalho que está a ser desenvolvido pelo grupo, não obstante dos últimos acontecimentos internos que culminaram com o afastamento do treinador principal. Diante dos camaroneses apresentamos um nível aceitável, sobretudo na segunda parte, mas fomos infelizes no desfecho final’’, realçou.

De acordo com o responsável do futebol na capital do país, Angola está em condições de ultrapassar os dois opositores que restam, bastando apenas maior concentração nos momentos cruciais.

Integram o grupo B, as seleções de Angola, Camarões, Etiópia e RD Congo. Estas duas últimas defrontaram-se entre na jornada inaugural, com triunfo dos congoleses, por 3-0.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.