O defesa Fernando Varela e o dianteiro Djaniny chegaram esta madrugada a capital cabo-verdiana e juntaram-se ao grupo de trabalho para o jogo de Cabo Verde na recepção, sábado, ao Burkina Faso.

Com a vinda destes futebolistas provenientes do Paok da Grécia e Santos Laguna do México, o seleccionador nacional passa a ter à sua disposição todos os 22 seleccionados, com os quais pretende regressar à vitória dos “Tubarões Azuis”, nome por que é conhecida a selecção cabo-verdiana, em jogo da segunda jornada do Grupo D de qualificação para o Mundial Russia’2018.

A equipa nacional retoma, na tarde de hoje, os trabalhos de preparação, a terceira sessão, sendo a segunda no Estádio Nacional, em Monte Vaca, palco do jogo, uma partida em que só a vitória poderá interessar ao combinado cabo-verdiano para almejar a sua pretensão de se qualificar para o Mundial da Rússia.

De acordo com o responsável pela selecção cabo-verdiana, Carlos Graça, a equipa vai dar continuidade ao plano de trabalho traçado pela equipa técnica, alegando mesmo que os convocados se apresentaram aos trabalhos sem grandes contrariedades, a não ser pequenas mazelas facilmente recuperáveis.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.