O novo selecionador nacional de futebol de Cabo Verde, Felisberto “Beto” Cardoso, escolheu os treinadores Djimy Barros (Bairro, Santiago Sul) e Bassana (São Vicente) para completar a sua equipa técnica, enquanto Berra permanece como treinador de guarda-redes.

Segundo apurou a Inforpress junto de uma fonte da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), o novo timoneiro dos Tubarões Azuis “Beto” deverá ainda manter no cargo o antigo internacional de Cabo Verde, Lito Aguiar, com vista a fazer a ponte entre a equipa técnica e os jogadores profissionais que militam nos clubes europeus.

Conduzido ao cargo do selecionador principal de Cabo Verde pela direção da FCF, Beto, que vinha desempenhando as funções de adjunto quer de Lúcio Antunes como do seu antecessor, Rui Águas, promete dar continuidade ao trabalho desenvolvido nos últimos 16 meses pelo técnico português.

Beto tem como a sua primeira grande prova de fogo a receção de Cabo Verde a 23 de Março à sua similar de Marrocos, no Estádio Nacional, em jogo referente à terceira jornada do Grupo F de qualificação para o Campeonato Africano das Nações, CAN’2017, para quatro dias depois voltar a defrontar a equipa magrebina no solo marroquino.

Recorde-se que Rui Águas abandonou a seleção nacional de futebol a 01 de Janeiro, alegando incumprimento da FCF, que já vai numa dívida de oito meses de salários em atraso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.