O seleccionador nacional de Cabo Verde, Rui Águas, enalteceu a personalidade dos convocados da selecção cabo-verdiana na vitória de sábado por 3-1 contra o Níger.

Rui Águas disse que prevaleceu o “ADN” dos seus futebolistas, uma vez que, sublinhou, “souberam jogar e sofrer no momento certo”.

“Isso faz parte do jogo, entrámos bem, tivemos sorte em marcar cedo e soubemos sofrer e gerir o jogo”, sublinhou.

Para a partida com a Zâmbia, disse que, apesar do pouco tempo de treino que vai ter, a equipa vai adaptar-se ao Estádio Nacional.

No outro jogo deste Grupo F, Zâmbia e Moçambique empataram a zero.

Sendo assim, Cabo Verde lidera o grupo com três pontos, seguido de Moçambique e Zâmbia, enquanto o Níger é a lanterna, sem nenhum ponto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.