Abel Xavier só tem elogios para o trabalho que a sua equipa fez até agora no futebol moçambicano. O selecionador dos "mambas" diz tem todas as condições para continuar e ajudar a reerguer o futebol moçambicano.

"O trabalho tem sido bastante positivo, um desafio aliciante. Há aspetos competitivos que tem a ver com os resultados mas penso que fizemos uma boa prestação a nível exibicional e alterações de situações que aconteciam no passado, nomeadamente nos dois jogos com o Gana, onde não tenho nada a apontar aos jogadores. Houve muitas alterações em relação ao código de conduta, ao comportamento por parte dos jogadores. Estamos a estruturar, a organizar, a criar um gabinete técnico, há muita coisa por fazer mas pela riqueza que existe e que são os jogadores, Moçambique terá uma seleção mais forte no futuro", disse Abel Xavier em exclusivo ao SAPO Desporto, à margem da inauguração da Cidade do Futebol da Federação Portuguesa de Futebol.

O selecionador elogiou o trabalho feito até agora mas pede mais apoio para elevar o nível do futebol moçambicano.

"Não fazia sentido pensar, depois de dois jogos, que o trabalho não seria para continuar. Entrei para refazer e mudar o rumo dos acontecimentos em relação ao que acontecia no passado em Moçambique. São precisos muitos apoios. A marca que estamos a deixar é muito positiva e só tem tendência para melhorar quando tivermos mais condições", defendeu o antigo internacional português, que aproveitou para apelar a um consenso entre todas as instituições desportivas em Moçambique.

"Não tenho dúvidas que, com um consenso alargado de entendimento, as coisas possam ser melhores, não só a nível da estrutura dos clubes, mas também das seleções. Existem condições de base que precisam de ser melhoradas mas isso faz parte da autonomia de cada clube. No espaço da seleção nacional as condições vão ser cada vez melhores, os recursos vão ser cada vez melhores, porque vou à procura do melhor para poder dar o meu melhor. É um trabalho integrado, de vários sectores, que contempla muitos agentes desportivos mas, acima de tudo, as pessoas e a sua vontade", atirou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.