A seleção nacional de futebol, Mambas, acelera a sua preparação com vista a receção à sua congénere de Angola, em jogo a contar para a última eliminatória de acesso ao CAN-Interno, a ter lugar próximo ano na África do Sul.

Os Mambas trabalham no Estádio da Machava, palco do jogo do próximo domingo, e o pensamento está voltado na vitória.

«Estamos a fazer um trabalhar para complementar o que fizemos nas semanas que estivemos juntos, como estamos a jogar em casa teremos que assumir o jogo, tentar mandar no jogo e fazer sentir ao adversário que está a jogar em nossa casa», disse o Seleccionador Nacional Interrino, João Chissano.

Chissano não esconde a forma como os Mambas vão jogar, revelando que vão jogar ao ataque e a mandar no jogo para chegar à vitória.

«Jogando em casa temos que assumir o favoritismo, apesar de reconhecermos o poderio do adversário, porque se não fizermos corremos o risco de não ganhar o jogo e nós queremos ganhar o jogo para encarar a segunda mão de outra forma e brindarmos ao público com uma vitória. Estamos a trabalhar de uma forma abnegada para ver se conseguimos contrariar o favoritismo de Angola», revelou o treinador.

Moçambique defrontou e derrotou Angola em Julho último na Taça COSAFA, mas a equipa técnica dos Mambas está avisada que a equipa que virá a Maputo será diferente dos «Palancas Negras» que jogaram na Zâmbia.

«Teremos uma Angola diferente da que defrontaram na COSAFA. Temos conhecimentos que forma convocados jogadores com alguma experiencia, dos melhores que estão a actuar no Girabola, a selecção de angola vem na sua máxima força e temos acompanhado algumas noticias que apenas dois jogadores que estiveram na Taça Cosafa», referenciou o treinador moçambicano.

O avançado Sonito será o grande ausente do jogo de domingo, devido ao cartão vermelho na eliminatória anterior. «Nós mesmo com Sonito a jogar temos um substituto, não há ninguém insubstituível, só faz falta quem está ca, e o que vamos fazer é continuar a mentalizar quem vai entrar de início se trabalharmos e estarmos a nosso nível é possível sairmos daqui com uma vitória», comentou o treinador.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.