Em declarações à Agência Lusa, Avelino Ribeiro disse que uma futura adequação dos estatutos ao novo Regime Jurídico das Federações Desportivas não afecta as eleições para os órgãos sociais da FPF.

“A Assembleia Geral vai ser feita, convocada e realizada de acordo com os estatutos que estão em vigor na Federação Portuguesa de Futebol”, afirmou.

Na quinta-feira, o presidente da FPF, Gilberto Madaíl, anunciou a resolução do contrato do seleccionador português, Carlos Queiroz, e pediu que se desencadeasse o processo eleitoral.

“Este seria ser um ano de eleições, pelo que eu iria convocá-las de qualquer maneira. Antes das decisões e dos acontecimentos de ontem, eu já tinha feito diligências para que a Assembleia Geral fosse realizada este ano”, adiantou Avelino Ribeiro.

De acordo com os estatutos, o mandato dos órgãos sociais da Federação é de quatro anos, que coincidem com o ciclo dos Campeonatos do Mundo, que terminava em Julho, após o Mundial 2010.

“A partir daí, podia convocar a Assembleia Geral eleitoral. Dado os acontecimentos que ocorreram nesse período, entendi que não era altura de provocar mais confusão no sistema”, adiantou.

Avelino Ribeiro revelou ainda que espera que estejam “prontos os relatórios de contas” da actual direcção, para que se possam fazer “duas Assembleias em simultâneo” e “necessariamente até ao final do ano”.

“Entendo que não se devem realizar as eleições, antes de se apresentarem as contas. Não são os que vêm que vão responder pelas contas dos que foram”, afirmou.

Depois de desencadeado o ato eleitoral, Avelino Ribeiro estima que o processo demore pelo menos “um mês, um mês e meio”.

Para o presidente da AG da FPF, “seria uma grande surpresa” que os novos estatutos fossem aprovados antes das eleições, “porque as pessoas mantêm posições rígidas, nomeadamente aquelas que não deveriam manter”.

“Não quero dizer quem. Mas parece que finalmente começa a aparecer na comunicação social a indicação de quem não teve a prudência de estabelecer um regime jurídico que servisse o futebol”, concluiu, sem apontar nomes.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.