Agostinho Oliveira termina contrato com a Federação Portuguesa de Futebol a 31 de Outubro, e ainda não foi abordado para renovar. De acordo com a Rádio Renascença, o seleccionador interino apenas recebeu uma carta a informá-lo do termo de contrato.

O técnico português está a prazo na selecção nacional e, tal como aconteceu a António Simões, seleccionador nacional sub-23, deve ser dispensado depois de 31 de Outubro.

Caso a situação actual se mantenha, Agostinho Oliveira vai continuar a orientar a selecção nacional por mais dois meses, comandando Portugal nos jogos com a Dinamarca, em casa, e fora com a Islândia a 8 e 12 de Outubro, respectivamente.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.