A Federação Portuguesa de Futebol esteve esta segunda-feira de novo reunida com a Comissão delegada das associações, mas ainda não há fumo branco na questão da aprovação dos estatutos. Júlio Vieira, presidente da Associação de futebol de Leiria, diz que «foram dados passos importantes» e espera que no próximo dia 30 de Abril «cada sócio vote em conformidade», num «assumir das suas responsabilidades».

«São reuniões que servem para aproximar as partes no sentido de chegar dia 30 aprovar estatutos. (…) Ainda há algumas divergências, mas demos passos, espero eu, para o consenso», disse Júlio Vieira no final da reunião, que durou quase quatro horas, na sede da FPF, em Lisboa.

Gilberto Madail, Amândio de Carvalho e Lourenço Pinto, da Associação de futebol do Porto, não estiveram presentes. O presidente da Federação foi substituído por Ângelo Brou, secretário-geral.

No próximo dia 30 de Abril há Assembleia-Geral e torna-se imperativo chegar a um consenso sobre os estatutos do Novo Regime Jurídico das Federações, onde três artigos continuam a suscitar discórdia. A FIFA e a UEFA já ameaçaram suspender a federação portuguesa, o que implica a exclusão de clubes e selecções das provas europeias.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.