O avançado Bernardo Silva falhou hoje arranque da preparação da seleção portuguesa de futebol para os jogos com República da Irlanda e Sérvia, de apuramento para o Mundial2022, devido a problemas físicos.

O jogador dos ingleses do Manchester City foi o único dos 25 convocados que não subiu ao relvado principal da Cidade do Futebol, em Oeiras, ficando a recuperar de uma mialgia.

Durante os primeiros 15 minutos abertos à comunicação social, o selecionador luso, Fernando Santos, dividiu o grupo de convocados em dois, para realizarem os habituais exercícios com bola, à exceção dos três guarda-redes, que efetuaram trabalho específico junto de uma das balizas.

Portugueses e sérvios são os únicos com possibilidades de se apurarem diretamente para o Mundial2022, tendo em conta que Luxemburgo (seis pontos), República da Irlanda (cinco) e Azerbaijão (um) já estão matematicamente afastados da corrida à fase final do torneio.

Se vencer ou empatar em Dublin, na quinta-feira, a formação das ‘quinas’ só precisa de pontuar face à Sérvia para se qualificar diretamente e, se perder com os irlandeses, necessita de bater os sérvios, no sábado.

A fase de grupos da qualificação europeia termina este mês e o vencedor de cada um dos 10 grupos apura-se diretamente para a fase final, enquanto os segundos classificados vão disputar os ‘play-off’ de apuramento, aos quais se juntarão dois vencedores de grupos da Liga das Nações que não consigam qualificar-se diretamente para a fase final ou para os ‘play-off’.

Destas 12 equipas presentes nos ‘play-off’, que serão disputados em março de 2022, sairão os últimos três representantes europeus no próximo Campeonato do Mundo, que vai decorrer no Qatar, entre 21 de novembro e 18 de dezembro de 2022.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.