Na memória dos confrontos entre Portugal e Rússia está uma goleada infligida aos “czares” em pleno estádio de Alvalade, no apuramento ao Mundial 2006.

Portugal, na altura orientado pelo brasileiro Luiz Filipe Scolari, vinha de um escandaloso empate fora de portas, a duas bolas frente ao Liechtenstein, depois de vitórias frente a Estónia por 4-0 e Letónia por 2-0. Um empate que merecia uma resposta adequada no jogo seguinte.

A 13 de outubro de 2004 em Alvalade, Portugal presenteou os adeptos com um festim de golos, numa goleada que há muito não se via, com muitos golos bonitos, seis deles de fora da área.

O festival de golos começou aos 25 minutos, quando Pauleta desviou na pequena área um cruzamento de Ronaldo e inaugurou o marcador. O mesmo Ronaldo fez o 2-0 aos 38` num remate oportuno também na pequena área. E antes do intervalo, Deco fez o 3-0, num remate colocado à entrada da área, num golo de belo efeito.

No segundo tempo, continuou o “massacre”. Cristiano Ronaldo fez o segundo da noite, no melhor dos sete golos, num remate fantástico de fora da área aos 68´. A Rússia reduziu por Arshavin aos 79`mas Portugal viria a marcar mais três golos: Simão, num remate colocado a 25 metros da baliza, fez o 5-1 e Petit, em dois minutos, fechou a contagem com dois belos golos, aos 89 e 90 minutos, todos de remates de fora da área, um deles de livre direto.

Portugal empatou depois a zero bolas fora com a Rússia, a sete de setembro de 2005. Os lusos até jogaram toda a segunda parte com mais jogador, devido expulsão do capitão Smertin ainda na primeira parte, por acumulação de amarelos, mas foram incapazes de bater o guarda-redes Akinfeev.

Destes dois jogos restam, na formação lusa, Cristiano Ronaldo e Hélder Postiga, sendo que Moutinho só jogou o segundo encontro em Moscovo. Já do lado russo, ainda sobram os guarda-redes Akinfeev e Malafaev, o veterano defesa Aleksei Berezutskiy, o lateral direito Aleksandr Anyukov, o médio Vladimir Bystrov e o avançado Kerzhavov.

A formação lusitana viria a fazer uma qualificação tranquila, terminando em primeiro no grupo 3, com 30 pontos em doze jogos, nove vitórias, três empates e nenhuma derrota. A Rússia terminou em terceiro, atrás da Eslováquia.

O jogo entre Portugal e Rússia está marcado para às 20h45 desta sexta-feira, no Estádio da Luz, em Lisboa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.