À entrada para o sorteio eram quatro as opções que podiam calhar a Portugal e nem se pode dizer que o sorteio tenha negativo para Portugal.

A Bósnia ou a Eslovénia eram as equipas mais desejadas para a maioria dos portugueses e acabaram por ser mesmo os bósnios a calhar a Portugal, que jogará a primeira mão da eliminatória em casa, no Estádio da Luz, a 14 de Novembro, ficando para 4 dias mais tarde, 18 de Novembro, o segundo e derradeiro jogo, que ditará se Portugal estará ou não entre as melhores equipas do Mundo, na África do Sul.

A selecção bósnia foi a segunda qualificada do grupo 5, ganho pela campeã europeia Espanha, tendo conquistado um total de 19 pontos, marcando 25 golos e sofrendo 13.

Em reacção ao sorteio, Carlos Queiroz, que esteve presente em Zurique, reconheceu que a Bósnia é uma equipa “muito difícil”, mas não escondeu a ambição lusa:

“Temos de estar preparados para levar de vencida esta selecção.”

O sorteio na Suíça ditou ainda os restantes jogos deste play-off:

República da Irlanda – França
Eslovénia – Rússia
Grécia - Ucrânia

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.