O advogado de Carlos Queiroz no processo levantado pelo ADoP confirmou que a presença de Luís Horta, presidente do organismo, estava requerida como uma das diligências da defesa e voltou a frisar que a absolvição do seleccionador é a única saída para este caso.

“Tenho a convicção de que Carlos Queiroz vai ser absolvido. Deve ser absolvido e o processo deve ser arquivado”, reforçou Rui Patrício, que explicou ainda que as outras testemunhas de Queiroz, Luís Filipe Vieira e Agostinho Oliveira, serão ouvidas nos próximos dias.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.